Cenas da Cidade: turismo cívico é atração para estudantes de Brasília

Professores  interessados em fazer esse e outros passeios cívicos com os alunos podem agendar visitas no Serviço de Relações Públicas. O contato é o (61) 3411-2317

Haddad sobe. Mas a turma do “não tô nem aí” dá de goleada

Na nova pesquisa da XP, Haddad sobe e Bolsonaro segue firme. Mas quem continua disparado na frente é a turma do "não tô nem aí"

“Eu sou você ontem”. Boulos de 2018 é a cara de Lula de 1980

No debate da Rede TV, Guilherme Boulos parece o Lula dos anos 1980. Só falta dizer: "Eu sou você ontem".

RedeTV!: Lula, nem em um púlpito vazio

Segundo debate presidencial, da RedeTV!/IstoÉ, não teve Ursal, censurou púlpito vazio de Lula e só esquentou quando Marina emparedou e expôs a misoginia de Bolsonaro

ONU quer Lula na eleição. TSE vai fingir de morto?

Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas diz que Lula deveria disputar eleição e participar de debates mesmo na prisão. STF, TSE, PGR e Itamaraty devem ignorar solenemente

IMAGEM É NOTÍCIA

CURTINHAS

TSE vai ser ortodoxo e seguir todos os prazos para cassar Lula

Por mais decididos que estejam - e parece que estão- para riscar do mapa a candidatura Lula, o ministro Luis Roberto Barroso e seus colegas defrontam-se hoje com um cenário mais difícil do que esperavam

Lula cresce na cela, Bolsonaro duro na queda e Geraldo reza para Santa TV

Fernando Haddad, quando colocado no lugar de Lula, deveria ter subido mais. Mas ainda não foi ungido como seu substituto, e já está em empate técnico (dois para lá, dois para cá) com Alckmin. Na hora em que isso acontecer é que se terá uma ideia de seu tamanho

Pela pesquisa CNT/MDA nada mudou

A pesquisa CNT/MDA divulgada nessa segunda-feira mostra que por enquanto nada mudou. Lula continua na frente, Bolsonaro é o segundo e o terceiro pelotão está embolado. Ela confirma o que vem sendo mostrado por outros institutos: os votos de Lula e Bolsonaro são votos consolidados e seus eleitores dificilmente mudarão de opinião. Geraldo Alckmin não decolou, mesmo com o apoio do Centrão; e continua muito alto o percentual de eleitores que não quer votar ou não sabe em quem votará. A situação de Bolsonaro hoje lembra muito a de Donald Trump em 2016: a maior parte do seu eleitorado está nas classes B e C, tem uma visão pragmática, quer de volta seus empregos, a segurança pública e não suporta o politicamente correto. Se esta tendência permanecer, o eleitor tende a adotar o voto útil em Bolsonaro com a proximidade do primeiro turno. Isso quer dizer que eleitores de Alckmin e Álvaro Dias devem perder votos para o capitão, enquanto os de Ciro e Marina verão seus votos migrarem para o candidato do PT, seja ele Lula ou Hadad.

Maioria é contra discurso privatista, liberação do aborto e porte de armas

Discurso privatista tira mais votos do que dá: 38,8% não votariam em quem defende privatizações. No quesito redução de privilégios dos servidores públicos e políticos, há apoio de 61%

“Eu sou você ontem”. Boulos de 2018 é a cara de Lula de 1980

No debate da Rede TV, Guilherme Boulos parece o Lula dos anos 1980. Só falta dizer: "Eu sou você ontem".

Tudo ainda gira em torno de Lula

O debate eleitoral, seu noticiário e repercussão, continua se travando em torno do ex-presidente. Lula, que continua liderando as pesquisas e, lá atrás, congelou o quadro com as dúvidas sobre a sua participação

Romário, o político perna-de-pau

Desinformado sobre quase todos os assuntos, exceto esporte, recorre à muleta "não entendo disso, mas meu secretário entenderá"

Temer mui amigo de Alckmin

O amigo da onça, como se dizia antigamente: Michel Temer, em entrevista à Folha, disse que “parece que é o Geraldo Alckmin que o governo apóia, né?”

O Brasil quebrou. Mesmo assim, há 13 voluntários da pátria. Haja patriotismo!

Por que será que 13 voluntários da pátria querem assumir a presidência de um País com um rombo de R$ 159 bilhões e uma dívida crescente? Deve ser patriotismo

Barroso deve ser relator de caso Lula no TSE

Barroso é, no STF, um dos principais expoentes da chamada Câmara de Gás, a primeira turma, que trata os réus e acusados com extremo rigor