Publicidade

Andrei Meireles

Andrei Meireles
503 TEXTOS 0 Comentários
Repórter de Política há mais de 40 anos, Andrei Meireles passou pelas redações dos jornais O Globo e Jornal de Brasília, das revistas IstoÉ e Época, foi comentarista político do boletim diário da revista Época na rádio CBN e colunista do Fato Online. Um dos mais premiados jornalistas brasileiros, tem dois prêmios Esso (de Reportagem em 2000 e de Jornalismo em 2001) e três prêmios Embratel (de Jornais e Revistas em 2001 e 2004 e o Grande Prêmio Embratel Barbosa Lima Sobrinho em 2009).

Como Marun, “ministro” de Dilma, virou o articulador político de Temer

Depois de motivar piadas ao tentar ser ministro de Dilma, Marun foi fiel a Eduardo Cunha e a Temer, abrindo caminho para o Planalto.

O jogo dos políticos para tirar a impunidade do banco dos réus

Restrições e fim do foro privilegiado voltam a pauta na Câmara e no STF. Depois de perderem o medo da Justiça, os políticos apostam que vão continuar livres, leves e soltos.

Como Temer e Aécio tentam saciar o Centrão e influir na briga tucana

O plano é que a "saída pela frente" dos tucanos seja por uma porta giratória. Por um lado entram Centrão e assemelhados. Pelo outro um giro de 360 graus pelos ministros que podem influenciar na disputa pelo comando do PSDB.

Na contramão de Ciro, PDT vota em peso para tirar Picciani da cadeia

Com ataques à "quadrilha" do PMDB, Ciro quer se diferenciar de Lula, que reatou o namoro com a turma de Sarney e Renan. Só que sua tropa no Rio ajudou a salvar Picciani.

Temer tropeça em balão de ensaio na reforma ministerial

Montar ou reformar equipe de ministros é tão difícil em começo de governo como no fim de feira. Temer esboçou uma mudança grande e imediata, vai recuar porque ninguém quer largar o osso antes da hora. A conferir.

Bolsonaro e Dr. Hollywood, herdeiros infiéis do nacionalismo de Enéas

Mergulhadas no pântano, as elites políticas abrem espaço para mudanças no tabuleiro do poder. A expectativa é de que elas melhorem o comando do país. Mas também podem ser uma oportunidade para aventureiros que tornem a campanha apenas mais um reality show. A conferir.

Caciques Aécio e Tasso trocam punhos de renda por luvas de boxe

Cardeais do PSDB descem do muro e partem para a briga. Goldman, que não tem poupado os colegas de suas bicadas, será o juiz da luta. A conferir.

Cobrança de aliados antecipa as faturas para Temer pagar

Na gestão da disputa em sua base por cargos, Temer tentou esticar a corda até março. Não conseguiu. Para desagrado de seus ministros, antecipou a troca de ministros para janeiro. O Centrão e o PMDB não toparam. Querem a saída logo dos tucanos. Temer avalia uma mudança em dezembro. A conferir.

Assim se cruzam os caminhos de Temer e Eduardo Cunha

Cunha perdeu o bonde da delação premiada. A parceria de sempre com Temer, que em algum momento pareceu abalada, é a esperança que lhe resta de passar menos tempo na cadeia. Seu jogo agora é defender Temer das acusações dos delatores. O Planalto agradece.

Huck, Meirelles e Manuela inflam balões de ensaio na corrida ao Planalto

Lula e Bolsonaro largam na frente. Alckmin, Marina e Ciro parecem firmes no páreo. Meirelles é o queridinho de quem se acostumou a confundir dinheiro com voto. Huck e Manuela se apresentam como novidade.
Publicidade
Publicidade