Itamar Garcez

Itamar Garcez
160 TEXTOS 0 Comentários
Jornalista desde 1983, formou-se pela UFRGS. Como repórter, trabalhou, entre outros, no Jornal do Brasil, O Estado de S. Paulo, Gazeta Mercantil & Diário Catarinense. Atuou como assessor e consultor de comunicação. Acompanha presencialmente a política em Brasília desde 1988. Atualmente, além de Os Divergentes, escreve para o Blog da Arko Advice. Escreveu para o Blog do Moreno / O Globo. Leia mais no Linkedin .

O PT saiu muito menor do que entrou

Depois de 13 anos de poder, o PT saiu muito menor do que entrou. A derrocada da sigla que um dia representou a esperança não será suficiente para fulminar Lula, um dos maiores líderes populares da história. Mas fez com que sua sigla, o PT, aquela fundada em 1980, desaparecesse. Sobrou uma caricatura do sonho inicial.

Moro pode ter se precipitado. Agora, a prisão de Lula deve custar mais caro

Quando decretou a condução coercitiva de Lula, há um ano, Sérgio Moro foi rápido demais, Agora, um ano depois, o sufeta de Curitiba piscou. Para observadores menos exaltados as 24 horas concedidas para que Lula se rendesse podem ampliar sobremaneira os efeitos colaterais da prisão do maior líder popular da história do Brasil.

Os ratos que infestam o presídio de Rondônia não conhecem os da Lava-Jato

A Penitenciária Feminina de Porto Velho está infestada de ratos. As detentas que coabitam com as ratazanas não estão preocupadas com a segunda instância. Querem apenas livrar-se da má companhia. Enquanto isto, os ratos da Lava-Jato, a depender do STF, voltarão a correr soltos. A elite rica e branca, e corrupta, voltará a chafurdar do lado de fora das "masmorras" de Cardozo. O lado de dentro ficará reservado à escumalha. Pobre, geralmente negra.

Por sobrevivência ou convicção, PT & Cia. são contra prisão em 2ª instância

De acordo com o Estadão, os presidenciáveis da chamada esquerda querem o fim da prisão em segunda instância.

Vespertinas: o Plim-Plim militante aderiu às causas de Marielle

Depois das novelas das 9h que, uma após a outra, incorporam bandeiras das minorias aos seus enredos, a TV Globo adotou as causas de Marielle Franco, a vereadora assassinada no Rio de Janeiro. PT & PSOL não fariam melhor.

A história do Jornal do Brasil, de Cezar Motta, será lançado hoje em Brasília

'Até a última página', livro do jornalista Cezar Motta, conta a história do Jornal do Brasil, um dos mais importantes periódicos brasileiros de todos os tempos. O lançamento é nesta terça, 20, na Livraria Cultura do Iguatemi, em Brasília.

Vespertinas: PT, MDB & PSDB ensaiam o final da Lava-jato

PT, MDB & PSDB, os partidos que mandam no Brasil há 33 anos, ensaiam o fim da Lava-Jato. Se tudo der certo - para eles - o STF volta atrás e revoga sua própria decisão, acabando com a possibilidade de prisão em 2ª instância. Quem está preso, sai. Quem não foi preso, preso não será.

Vespertinas: oposição à intervenção quer PM, combatida por Marielle, de volta ao comando

Devolver o poder de repressão à polícia do Rio, combatida por Marielle Franco, como pregam os que se opõem à intervenção, é contraditório. Não se retoma a paz apenas com fuzis, mas também com eles. Não se vence a guerra contra bandidos sem um aparato de segurança pública estatal minimamente íntegro e inteligente.

Políticos não são alienígenas, Susana Vieira. São terráqueos

A atriz Susana Vieira acha que os parlamentares federais são "alienígenas". Não são. São terráqueos. A lógica do paternalismo torna os eleitores cidadãos irresponsáveis. Culpados por todas as nossas mazelas, só os políticos.

Jungmann e a lógica do paternalismo

Raul Jungmann apontou a hipocrisia contraditória da sociedade que quer as drogas, mas não o traficante. Foi criticado porque disse o óbvio. Seus críticos revelaram a lógica do paternalismo, onde a coletividade não é responsável por seus atos e o Estado é culpado de tudo.