Temer sanciona reforma trabalhista

O Palácio do Planalto fez cerimônia para a sanção da reforma trabalhista, aprovada ontem no Plenário do Senado.

Ao lado do presidente, estavam os ministros Henrique Meirelles, da Fazenda; Eliseu Padilha, do Gabinete Civil; Ronaldo Ribeiro, do Trabalho; Ives Gandra Filho, do TST; o deputado Rogério Marinho, relator do projeto na Câmara, é o senador Romero Juca, presidente do PMDB.

Em seu discurso, Temer ressaltou a importância das mudanças na legislação trabalhistas e diz-se certo de que será um motor para geração de empregos e o crescimento da economia.