Helena Chagas

Helena Chagas
560 TEXTOS 0 Comentários
Jornalista, formada na Universidade de Brasília em 1982. De lá para cá, trabalhou como repórter, colunista, comentarista, coordenadora, chefe de redação ou diretora de sucursal em diversos veículos, como O Globo, Estado de S.Paulo, SBT e TV Brasil (EBC). Foi ministra chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República de janeiro de 2011 a janeiro de 2014.

Para que serve a candidatura Michel Temer?

Temer enlouqueceu? Não. Está a cada dia mais vivo e esperto. Sua candidatura não é para ganhar e tem como principal utilidade garantir seu futuro - fora da presidência da República, bem entendido.

Pesquisas mostram que intervenção tem apoio da maioria também fora do Rio

As pesquisas mostram que o tema da segurança deve entrar definitivamente na agenda eleitoral de outubro, o que vai exigir um reposicionamento dos candidatos sobre o assunto.

Programa mínimo abre caminho para união entre PT e esquerdas no primeiro turno

O primeiro passo concreto dessa articulação será dado nesta terça, no ato de divulgação, em Brasília, do manifesto assinado pelas fundações do PT, PDT, PSB, PCdoB e PSOL com propostas de um programa mínimo para o país.
video

Por que as Forças Armadas toparam entrar nessa sinuca de bico?

Se der certo, quem fatura é Michel Temer e os políticos. Se der errado, a culpa será do Exército. Fui ouvir especialistas da área...

Intervenção e eleição: o jogo está na mesa

Curiosa coincidência reuniu no mesmo dia dois fatos importantes para a definição eleitoral: a decisão de Temer de decretar intervenção na segurança do Rio e o recuo do recuo do recuo de Luciano Huck. O que tem uma coisa a ver com a outra? Tudo.

De Roraima à Lei da Anistia, clima azedo entre os verde-oliva

Sobrou para o verde-oliva de novo - é a frase que circula nas conversas e mensagens de whattsap trocadas entre generais, comandantes e oficiais do Exército

2018 será a eleição dos ricos e famosos

O mais grave dessa permissividade - que reafirma vergonhosamente as diferenças entre ricos e pobres - não está na eleição presidencial e nem na de governador. Mas sim na de deputado, favorecendo aqueles sustentados por igrejas e até pelo crime organizado

Auxílio-moradia virou Minha Casa Minha Vida dos deputados

Aberta a caixa-preta do auxílio-moradia no Judiciário, ficaram à solta também os fantasmas dos outros poderes. O pagamento do auxílio para os deputados acabou virando uma espécie de Minha Casa Minha Vida para alguns, que acabaram adquirindo flats em Brasília com dinheiro público.

Temer, Segovia, a PF e a trapalhada que virou crise

No momento em que Temer tenta mudar de agenda, espalhando notícias de que pode se candidatar à reeleição, acusações de corrupção retornam ao noticiário. A limonada que o presidente e Segóvia pretendiam fazer com as investigações volta a ser um limão amargo.

Acusados e acusadores brincam no último pré-carnavalesco da República

Acusados e acusadores da República confraternizaram no jantar de despedida de Gilmar Mendes e de boas-vindas de Luiz Fux na presidência do TSE: Michel Temer, Rodrigo Maia, Eunício Oliveira e outros.