Palácio do Buriti adere ao Setembro Amarelo em apoio à prevenção de suicídio

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Vinícius Brandão, da Agência Brasília

O governo de Brasília aderiu nesta terça-feira (12) à campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio. Até o fim do mês, o Palácio do Buriti permanecerá com iluminação na cor símbolo do movimento, amarela.

A decisão foi anunciada pelo governador Rodrigo Rollemberg após reunião com o coordenador nacional da campanha, Antônio Geraldo da Silva, e com a psicóloga Marina Saraiva, da Secretaria de Saúde. “Eles pediram, e nós aderimos”, disse o governador.

Durante este mês, a iluminação na cor amarela é adotada em monumentos e prédios governamentais do Brasil e de diversos países filiados à Organização Mundial da Saúde (OMS). A ideia é chamar a atenção para a importância da prevenção do suicídio, considerado um problema de saúde pública.

Veja mais na Agência Brasília.