Sylvio Guedes

10 TEXTOS 0 Comentários

Salários e cargos, equação corrompida

Sexo x salários x cargos, aquela variável que o pensamento progressista tanto resiste em aceitar: nós, humanos, somos muito diferentes mesmo

Pais e filhos

Prefiro lembrar que o meu pai, falecido há mais de 30 anos, jamais me prometeu apoio incondicional para nada. A cada erro, eu era cobrado a avaliar o que não deu certo e como melhorar da próxima vez

Agendas, Debates e Propostas

Quem esperava pela chance de ver os candidatos confrontados com suas próprias contradições ficou muito decepcionado

País do futuro ou país sem futuro?

Com a crescente polarização e radicalização políticas, o Brasil se afasta, cada vez mais, da necessária convergência das pessoas comprometidas com a democracia para descortinar uma saída para seus múltiplos impasses.

O levante que nunca aconteceu

É indispensável a autocrítica, já passou da hora. A democracia precisa do confronto de ideias e projetos. Mas cadê a esquerda que se esconde atrás de um discurso obtuso de que tudo é questão de pobres contra ricos, pretos contra brancos?

A balela da exceção

A bizarrice é autofágica na medida que tem sido propagada justamente graças à absoluta e irrestrita liberdade política de que os brasileiros desfrutam hoje em dia.

Gerações e consciências

O confronto de pensamentos e atitudes entre uma geração e outra é inevitável

O FIES e o inchaço do ensino superior

Com o FIES, ocorreu um financiamento público de grande volume, a fundo perdido, para o setor privado. Uma transferência criminosa de verbas públicas para a mãos de um punhado de empresários.

Uma simples questão de usurpação

A leitura da Constituição é cristalina. Quem faz as leis é o Congresso, não o Supremo. O que se assiste hoje no país é uma excrescência em escala mundial.

Misturando alhos com bugalhos

A intervenção federal no Rio é uma medida tomada às pressas, com evidentes propósitos, mas nem de perto se assemelha a uma fratura institucional, como foi o golpe militar de 64

Veja também

PIB e mercado começam a repensar apoios a Bolsonaro

Percebeu-se, afinal, que o candidato do PSL não tinha um programa econômico tão estruturado assim, e que esses improvisos podem gerar muita insegurança. Ficou claro também que Guedes, o “Posto Ipiranga” que, segundo Marina Silva, pegou fogo, também não está com essa bola toda

Ciro vai bater em Haddad