Geddel e o complexo de Tio Patinhas

Dinheiro apreendido pela Polícia Federal/ Foto PF
Geddel Vieira Lima.

Naquela montanha de dinheiro, a Polícia Federal encontrou impressões digitais de Geddel Vieira Lima. Não basta ter posse, é preciso pegar. Quem sabe, cheirar. Ou mergulhar como o Tio Patinhas.

Na novela “A Força do Querer”, a Bibi Perigosa, personagem de Juliana Paes, também aparece mergulhada em grana.

Henry Kissinger dizia que o poder é afrodisíaco. Outros dizem que o dinheiro tem o mesmo efeito.

Além do dono do apartamento em Salvador, onde cerca de R$ 51 milhões foram apreendidos, ter confirmado que o emprestou ao ex-ministro dos governos Lula e Temer, outras indícios e provas comprometem Geddel.

Se verdadeiro o ditado de “quem cala, consente”, o silêncio de Geddel depois da batida da PF é simplesmente ensurdecedor.

A gente ouve, fala e escreve sobre digitais em grana de propina. Sempre no sentido figurado. No caso de Geddel, diz a PF que é literal.

Não se sabe se ficaram impressas ali enquanto manuseava, contava ou, quem sabe, acariciava.

Talvez ele esclareça isso em sua nova temporada na Papuda.

A conferir.